GRIOT APRENDIZ

O projeto contempla a realização de experimentações, vivências e oficinas baseadas na pedagogia griô em  espaços de educação formal (escolas, centros de estudo, museus, etc.) e  espaços de educação não-formal (praças, cinemas, livrarias, ruas, etc.) Através destas vivências  estão sendo construídos materiais educativos/culturais para auxiliar educadores na implementação da Lei de Ensino de História da África e da Cultura Afro_Brasileira e na valorização dos saberes e fazeres pedagógicos dos griôs e mestres  de tradição oral brasileiros.

Registros das experimentações, vivências e oficinas com saberes griôs nos espaços de educação formal: 

Registros das experimentações, vivências e oficinas com saberes griôs nos espaços de educação não-formal: 

Construção de materiais educativos/culturais para auxiliar na implementação da lei de Ensino de História da África e da cultura Afro-brasileira nas escolas: 

Reuniões e grupos de estudos e pesquisa para elaboração coletiva de materiais educativos/culturais:  

 

 

Atividades de Arte Afro-brasileira e Saúde no curso de produção cultural da UFF (convênio UFF-FIOCRUZ):

em 2013:

Como desdobramento do projeto “Linguagens da Arte e Humanização do SUS” (FIOCRUZ/UFF) , desenvolvido pela griô aprendiz Adriana de Holanda, firmou-se o convênio de cooperação técnica-científica  UFF_FIOCRUZ  para  a implementação de ações em edução em saúde com foco  no legado africano e indígena  na produção cultural em saúde.

Os saberes e fazeres dos griôs  de tradição oral  tem sio o eixo principal de interlocução no processo de  formação dos estudantes do curso de produção cultural da UFF, através da disciplina  Seminários Experimentais em Produção Cultural, conjuntamente com a Professora Lúcia Bravo do Departamento de Arte/Instituto de Arte e Comunicação Social da UFF.

Dentro desta etapa, o projeto pretende ter como resultado a organização de uma coletânea de artigos e a produção de uma série de vídeo-aulas com a  temática EDUCAÇÃO GRIÔ EM SAÚDE : O LEGADO AFRICANO E INDÍGENA  NA PRODUÇÃO CULTURAL.

Finalizando os encontros de julho, o seminário teve como convidados os Griôs Aprendizes Marcelo das Histórias e Alexandre Santini, do Laboratório de Políticas Culturais da Escola de Comunicação e Cultura da UFRJ.

 

GRIOT NO MUSEU: ARTE AFRO-BRASILEIRA E SAÚDE – MACQUINHO (Niterói)

atividades do convênio Uff-FIOCRUZ 2014

 

 

GRIOT NO MUSEU: ARTE AFRO-BRASILEIRA E SAÚDE – MUSEU JANETE COSTA DE ARTE POPULAR:

Atividades do convênio UFF-FIOCRUZ 2015

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Escola de Formação em Cultura e Saúde

%d blogueiros gostam disto: