MÚSICA COMO INSTRUMENTO DE LUTA FEMINISTA

Com muito orgulho, compartilho publicação de artigo “A música como instrumento de luta feminista” de Leon Lucius de Holanda Continentino, 19 anos, estudante de Jornalismo do Instituo de Arte e Comunicação Social da UFF, membro da comunidade  afro-pernambucana Jurema Sagrada.

 

MABU

Se é para deixar um legado de luta e resistência que comecemos em nossa vidas e na nossa casa!
Confira no link abaixo:
lEON
Anúncios

Museu-Escola Griot compõem projetos doDoutorado em Memória Social

DSC00219

É com muita alegria que compartilho essa conquista:

O PROJETO DE CONSTITUIÇÃO DO MUSEU-ESCOLA GRIOT,
através da disseminação e preservação do patrimônio cultural musical  de comunidades afro-pernambucanas (PE-RJ),
foi selecionado e aprovado para o DOUTORADO DO PROGRAMA DE PÓS GRADUAÇÃO EM MEMÓRIA SOCIAL DA UNIRIO.
Agradeço a todos que de uma forma ou outra são doadores de afetos, saberes e raízes da Rede Educação Griot/Semente de Jurema. E a todas as mestras e mestres da cultura afro-brasileira que insistem em resistir-existir!

eu e minha mestra griot

Que nosso museu-escola possa ser feito de todos os tons,sons, cores, saberes e fazeres da memória viva de nossos ancestrais africanos e indígenas.
3964d-dsc06630mestras griô Mãe Dada, Lia de Itamarca, Baraxos e Baiana (PE)
Gratidão à aldeia sagrada dos  Índios Tupinambas e do Quilombo Maria Conga (in Memorian) da Cidade de Magé- RJ
Muita gratidão  à Lillian Pacheco pela pedagogia griô e a minha eterna mestra griô, amiga, mãe Yá Talabi Deyn (Mãe Dada de Oxalá – In Memorian) que me ensinou o amor as folhas, ao axé e ao respeito a sabedoria suprema dos princípios sagrados da natureza viva dentro de nós (os orixás)..

 

Arte, Feminino e Negrituden – Narrativas

 

 

 

 

negras em cena

 

XIII Semana Afro na rede pública do Estado.
Depoimento da professora Claudia:
 “Ainda bem que tenho grandes amigas! Foi lindo demais hoje! Minha gratidão as atrizes Cátia Costa, Roberta Valente,  Griot aprendiz  Adriana de Holanda. A escola tremeu! Vamos lá gente, amigos trazem mais força ao Projeto. E eu fico muito, mais muito feliz mesmo com o Movimento Mulheres negras em cena!”
E das conversas com meu legado:
Meu filho me disse esses dias: – “Mãe, mas você é branca.. O pessoal da cultura negra vai te atacar por isso”.. e daí fiquei pensando: “a luta não deveria ser pelo que nos separa homens e mulheres, pretos, índios e brancos, crianças e velhos” mas deveríamos lutar pelo que nos une e atacar quem nos segrega.. chega de escravidão mental!
Escreva para nós.. Compartilhe sua visão sobre a arte das mulheres  e em suas expressões  ancestrais!
adriana.edugrio@gmail.com

PLANTAS DE PODER E AS ARTES DO SAGRADO

DSCN2335

PLANTAS DE PODER E AS ARTES DO SAGRADO

Seminário: Arte, Saúde e Ancestralidade na Jurema Sagrada

 

Local:

Museu Janete Costa de Arte Popular, Niterói RJ –

Biblioteca Comunitária Griot – Semente de Jurema,  Magé-RJ

DATA:  17 A 22 DE DEZEMBRO DE 2015

 

Programação

 

Dia 18/12 –  1º Dia:  ABERTURA DO SEMINÁRIO ARTE, SAÚDE E ANCESTRALIDADE NA JUREMA SAGRADA

Local: Museu Janete Costa de Arte Popular (Aberto e gratuito)

14:00h:  Abertura: Prof. Dr. Wallace Barbosa de Deus (Rj) e Mestres Juremeiros do Terreiro de Pai Sandro de Jucá (PE)

14:30h:  Vivência:  canto coletivo à memória das matas e à aldeia Tupinambá – (mediação Adriana de Holanda e Pai Sandro de Jucá)

15:30h: Seminário:  ARTE, SAÚDE E ANCESTRALIDADE NA JUREMA SAGRADA (Coordenadores Mestres Juremeiros Pai Sandro de Jucá, Leon Lucius de Holanda  e  Adriana de Holanda)

17:00h – Exibição do filme: MALUNGUINHO

18:00h – Fechamento com cânticos à memória dos Reis Malungos

 

Dia 20/12 –  2º Dia: SEMINÁRIO ARTE, SAÚDE E ANCESTRALIDADE NA JUREMA SAGRADA

Local: Biblioteca Comunitária Griot – Magé, RJ  (participação  mediante inscrição)

Vivências de  Música e Literatura

17:30h às 19:30h – O Sagrado Feminino na Jurema e a Promoção de Arte e Saúde Coletiva (mediação Adriana de Holanda)

19h às 20:30h:  Rodas de leitura: Músicas e Plantas de Poder –(mediação  Adriana de Holanda, Pai Sandro de Juca e Leon Lucius de Holanda – Comunidade Jurema Sagrada RJ-PE )

 

 

22/12 – 3º Dia: Plantas de Poder e Artes do Sagrado

 Local: Museu Janete Costa de Arte Popular – Niterói  (Aberto e gratuito)

09:30h  às  13:00h – Roda de Diálogos e Saberes: “Plantas de Poder: Diversidades nas artes da cura e o sagrado das culturas”  –

Pai Sandro de Jucá (Jurema),  André  Costa (Umbanda), Comunidade Nova Flor (Rastafári), Comunidade Zion Art (Rastafári), Márcio Jagum (Religião Tradicional Africana) , Ashbel Almeida (Taoísta), Miriam Machado (Santo Daime), Lya Alves ( Envangélica), Mariocas (Tambor de Mina), Tenily (Maracatu Encanto do Pina, Maracatu Nação Porto Rico),

 

Vivências “Artes do Sagrado: saúde e Ancestralidade”

Vivências  Local: Museu Janete Costa de Arte Popular – Niterói/ participação mediante inscrição prévia

  1. Vivência de Coco e Maracatu (Tenily e Adriana) 14h às 16h
  2. Ritmos do Boi do Maranhão ( Companhia Mariocas/Cesar Nascimento) 16 às18
  3. Yoga e Meditação (Miriam Machado) 9h às 10h
  4. Grafite – Lya Alves 16h – 18h

 

Feira de Artes Sagradas: Nos dias 17 e 22 de dezembro no Museu Janete Costa de Arte Popular. Com exposição e venda de materiais artesanais, livros, camisetas, instrumentos musicais, dentre outros objetos de arte das expressões sagradas presentes no evento!.

 

Inscrições e informações: adriana.edugrio@gmail.com;museujanetecosta@gmail.com
Informações: (21) 2705.3929 http://www.culturaniteroi.com.br/janete/

 
Organização:  Museu Janete Costa de Arte Popular – Secretaria de Cultura de Niterói;     Convênio UFF-FIOCRUZ; Grupo Semente de Jurema- Rede Educação Griot

 

Seminário Arte, saúde e Ancestralidade na Jurema Sagrada

 

Entre 17 e 22 de dezembro de 2015, o Museu Janete Costa de Arte Popular realiza  o evento “Plantas de Poder e Artes do Sagrado”.

 

mata

Como parte da programação o evento contará com o seminário “Arte, Saúde e Ancestralidade na Jurema Sagrada” com a presença do Grupo de Mestres Juremeiros do Terreiro de Pai Sandro de Jucá-Pernambuco, dentre eles, Leon Lucius de Holanda (representante da juventude de terreiro de jurema), sucessor de Adriana de Holanda, tombada na Jurema Sagrada por Maria da Soledade Souza França, Mãe Dada de Oxalá -Pernambuco (in Memorian).

Com uma vasta programação que inclui: ciclo de diálogo de saberes,  reunião dos jovens e mestres da jurema sagrada, vivências com ervas medicinais, cânticos sagrados para ativas o poder d e cura das folhas, debates e filmes sobre a importância do legado africano e indígena em diversas expressões sagradas que utilizam as plantas como cura e  como fundamento espiritual.

A jovem liderança de terreiro de Jurema Leon Lucius de Holanda é estudante de jornalismo, já atuou  em diversos eventos e atividades ritualísticas junto ao Grupo semente de Jurema e ao grupo de Mestres Juremeiros do Terreiro de Pai Sandro de Jucá. Recebeu um prêmio de bolsa de estudos em literatura relacionado a cultura brasileira (Pibiquinho- UFF).  Juntamente com Pai Sandro de Jucá, que já atuou na organização do Kipupa Malunguinho, e em diversas comissões de combate à intolerância religiosa no estado de Pernambuco.

Ao todo serão 05 representantes do grupo de Mestres Juremeiros do Terreiro de Pai Sandro de Jucá que estarão presentes no evento, já convidados oficialmente pela direção do Museu Janete Costa de Arte Popular: Prof. Dr. Walace  de Deus (IACS- UFF).

 

Segue o link do convite:

convite

Em breve  programação completa e chama para as inscrições dos participantes!

mais informações: adriana.edugrio@gmail.com

 

Agenda GRIOT gestão colaborativa

DSC00222

Nossa agenda

novembro 2015 
11 – palestra sobre pedagogia griô na XII Semana Afro-Brasileira em Movimento do Colégio Estadual Conselheiro Macedo Soares (Niterói)

  • 15 – Oficina de maracatu e Sarau Griot – Museu Janete Costa (Niterói)
  • 22 – Oficina de maracatu e Sarau Griot – Museu Janete Costa (Niterói)
  • 25 – Griot na Escola – Mais cultura na Escola (Maracatu, RAP, capoeira, coco e ciranda) Escola Altivo César, Niterói)
  • 27 e 28 – Seminário Cultura Afro-brasileira Lei 10.639: O educando, o educador e os valores no Grupo de Estudo III – Cultura Griot (Petrópolis)

DSC00229

Dezembro  2015 
  • Roda de conversa : Elaboração de projetos culturais  – coletivos  dos territórios culturais de  Madureira
  • Evento PLANTAS DE PODER E ARTES DO SAGRADO (Rastafarianismo, Daime, Zulu Nation,Taoísmo, Jurema Sagrada, Ifá – Tradicional Africana, Candomblé, Umbanda)

DSC00219

Gestão colaborativa de eventos e projetos  semanal 

 
 
Mais informações; 
adriana.edugrio@gmail.com 
educacaogrio@gmail.com